Novidades e notícias
06.09.18
Aplicando Uma Fonte Eletrônica à Cargas Lineares e Não Lineares
Compartilhe

      As fontes de alimentação chaveadas estão presentes no dia-a-dia das Universidades, Centros de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e indústrias em geral. Estas fontes de tensão possibilitam a realização de ensaios que não podem ser realizados sem o auxílio da eletrônica de potência, a automação dos mesmos e a reprodutibilidade dos experimentos.

     Uma fonte c.a., por exemplo, permite a aplicação de uma onda sinusoidal pura, isenta de harmônicos, a geração de desequilíbrios de tensão, distorções controladas com a inclusão de harmônicos pré-definidos, afundamentos e sobretensões, variações de frequência e fase, entre outras opções. Estes modos de operação possibilitam o teste dos produtos com a certeza de que todos são submetidos às mesmas condições de operação, garantindo a reprodutibilidade dos ensaios e a comparação dos resultados. Além disso, estas funcionalidades permitem que os usuários recriem em seus laboratórios uma situação de campo, onde seus produtos estão sujeitos a uma alimentação não-ideal, possibilitando a análise profunda de eventuais falhas de operação dos produtos e as readequações dos projetos.

     Estas características, aliadas as facilidades como as proteções de corrente, sobre temperatura e os softwares para automatizar os ensaios, popularizaram o uso de fontes eletrônicas. Entretanto: quais os cuidados necessários para empregar uma fonte em um experimento?

     Para responder esta pergunta, primeiro é preciso compreender o conceito de uma fonte ideal de tensão. Segundo o livro “The Electrical Engineering Handbook – Section I – Circuits”:

     “Uma fonte independente de tensão mantêm a tensão em seus terminais conforme uma função no tempo prédefinida” (tradução livre).

     Isto quer dizer que a manutenção da tensão em seus terminais é independente da carga conectada. Pode-se observar que este não é o caso das redes tradicionais de alimentação pois, apesar da grande capacidade de fornecimento de potência, estas contam com quedas de tensão oriundas do transformador de alimentação e dos cabos de conexão. Isto caracteriza a rede como uma fonte não-ideal (real), onde existe uma queda de tensão em função da corrente fornecida, gerando também um amortecimento no sistema.

Para conhecer mais sobre este assunto, acesse:

http://www.supplier.ind.br//produtos_img/mt0002_06092018130958.pdf

Exemplo de Fonte Ideal e não Ideal de Tensão
Fale Conosco

Como deseja
ser atendido?

Horário de Atendimento

Segunda à sexta-feira
das 08h às 17:25h

Whatsapp

Ficaremos felizes em responder qualquer dúvida via Whatsapp, para falar conosco utilize o número abaixo:

Whatsapp: (47) 9188-3693

Telefone

Deixe seu nome e número de telefone abaixo e ligaremos o mais breve possível para esclarecer suas dúvidas.